Cuidados com a bateria: Saiba como limpar, polir e conservar seu instrumento

Postado em: Baquetas, Bateria

Como está a aparência da sua bateria? Os pratos estão cheios de marca de dedos, a caixa parecendo engordurada e com as ferragens opacas ou com pontos de ferrugem? Então é hora de dar um trato nela. Para deixar seu instrumento limpo, bonito e bem cuidado siga algumas dicas:

O que você vai precisar

  • Água
  • Sabão neutro
  • Esponja de aço
  • Lixa de polimento
  • Lubrificante WD-40
  • Silicone líquido
  • Polidor de Pratos
  • Cera Protetora
  • Pano seco
  • Flanela macia

Como limpar a bateria

O primeiro passo é desmontar sua bateria, o ideal é fazer em um ambiente arejado e com espaço. Guarde os parafusos e peças pequenas todos juntos, pode ser em um saquinho ou recipiente plástico, vale o bom e multiuso pote de sorvete vazio, assim você evita perder peças do seu instrumento.

O procedimento geral de limpeza vale para os mais variados tipos de acabamento, lembre de não usar produtos muito fortes ou abrasivo nas partes laqueadas ou enceradas para não estragar a bateria. Seja carinhoso com ela.

 

  • Limpando as ferragens: Se as ferragens da sua bateria estão sujas e com marcas de dedos passe um pano seco com silicone líquido e depois a flanela macia para dar acabamento. Esse procedimento vai limpar e criar uma camada protetora, ideal para evitar a umidade e a maresia, quem mora em cidades muito úmidas ou perto da praia deve sentir a necessidade de fazer essa limpeza com mais frequência. Se as ferragens estiverem com pontos de ferrugem ou com aparência bem gasta você pode usar o WD40 e também uma esponja de aço primeiro e depois o silicone. Finalize com a flanela para dar brilho.
  • Limpando as bordas do tambor: Se as brodas estiverem marcadas você pode usar uma lixa bem fina, chamada de lixa de polimento, não precisa usar muita força nessa etapa. Limpe com o pano úmido e finalize com a flanela para dar brilho no acabamento.
  • Limpando as canoas: Com um pano seco tire a poeira e sujeira mais aparente e depois passe o silicone líquido. Finalize com flanela dando brilho.
  • Limpando os pratos: Capriche na limpeza deles. Comece com esponja de aço, sabão e água. Depois use um pano limpo e úmido. Existem produtos específicos para limpar e polir pratos. Eles vão devolver a aparência brilhante dos pratos da sua bateria. Siga as instruções do produto que tiver em mãos e finalize com a flanela limpa para dar brilho.
  • Limpando os tambores: Nesta etapa o cuidado é especial para o tipo de acabamento do seu modelo. Se ele for de fórmica, vinil, celulóide ou PVC continue com os passos de pano seco, aplicação do seu silicone líquido, flanela para dar brilho.

Para tambores de bateria revestidos com acabamento laqueado ou brilhante o ideal é usar um produto bastante suave, procure em lojas de música os que são usados na limpeza dos violões e guitarras.

No caso dos tambores com acabamento encerado ou de madeira use cera à base de produtos naturais com carnaúba e cera de abelha, a do tipo Microcristal é a mais indicada, além de limpar a cera vai proteger o material natural e fazer durar por mais tempo.

  • Dando o acabamento: As demais partes articuladas da bateria podem ser limpas com vaselina, para componentes em plástico ou borracha o silicone é a opção.

Depois de tudo brilhoso e com cara de novo é hora de remontar a bateria. Pode parecer trabalhoso, mas realizar esse procedimento é importante para manter seu instrumento bem cuidado, se você investiu em uma bateria sabe que vale a pena cuidar e manter.

Agora que ela está linda novamente olhe para as suas baquetas, será que está na hora de trocar? Já falamos aqui no blog sobre o uso da baquetas e quando é hora de trocar, para ver se as suas já estão vencidas clique aqui e  confira esse post.

De quanto em quanto tempo você faz a limpeza geral da sua bateria? Deixe um comentário aqui ou nas redes sociais e compartilhe suas experiências com outros bateristas.